CACISC
CACISC, HÁ 100 ANOS AJUDANDO A DESENVOLVER
A ECONOMIA DA NOSSA CACHOEIRA DO SUL


Notícias


Câmara do Agronegócio alerta para calamidade pública nas lavouras devido a cheias

06 de Janeiro de 2010

 

Em reunião nesta quarta-feira (06/01) na Cacisc, a Câmara Cachoeirense do Agronegócio (CCA) decidiu alertar as autoridades para o risco de perdas significativas nas lavouras locais e da região. O coordenador da CCA e presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), Carlos Joel da Silva, encaminhou para o Executivo Municipal a sugestão para que Cachoeira do Sul fique em estado de alerta com relação às últimas chuvas, que estão provocando a elevação do nível do Rio Jacuí, já visto com os prejuízos causados na ponte da RST-287, entre Agudo e Restinga Seca. O excesso das águas daquela região passa também por Cachoeira do Sul e poderá causar uma nova cheia, alagando as lavouras, principalmente de arroz, que estão com prazo de plantio praticamente esgotado.

 

Representantes de todos os principais sindicatos, órgãos e entidades do agronegócio demonstraram sua preocupação com o quadro atual, que exige muita cautela e atenção. O orizicultor Ademar Leomar Kochenborger, que planta atualmente cerca de 700 hectares na localidade de Porteira Sete, sofre prejuízos sucessivos desde as últimas safras, e comentou sobre a necessidade de auxílio efetivo por parte dos governos estadual e federal. “Se acontecer de as lavouras ficaram submersas por vários dias, esta safra pode ficar comprometida consideravelmente”, disse. O que a Câmara do Agronegócio quer é que a Prefeitura Municipal de Cachoeira do Sul esteja preparada para a elaboração urgente de um relatório dos prejuízos locais, visando a decretação de Estado de Calamidade Pública no Meio Rural.

Ainda na quarta-feira, foi agendado um encontro com o prefeito Municipal Sérgio Ghignatti, para discussão sobre o assunto. As fortes chuvas estão causando enormes prejuízos em dezenas de municípios da Região Central e o tema está estampando as manchetes dos principais veículos de comunicação do país. Carlos Joel da Silva também alerta sobre o risco de um alto índice de desemprego que pode vir a acontecer, devido aos prejuízos do agronegócio. “O impacto das dificuldades dos nossos agricultores reflete diretamente em nossas comunidades, principalmente na forma de desemprego e queda na renda das famílias”, comentou Silva. O técnico da Emater, Silvio Augusto Wilhelm, acompanha de perto a situação das comunidades do interior e avalia como grave a situação de muitos lavoureiros. “Caso as lavouras fiquem alagadas novamente, poderemos não ter mais tempo hábil para fazer o replantio, pois o arroz não pode ser atingido pelo frio”, conclui.

FONTES:

> Carlos Joel da Silva – 9733 8578 > Ademar Leomar Kochenborger – 9996 6166 > Silvio Augusto Wilhelm – 9902 3934

 

CACISC

Assessoria de Imprensa - 06/01/2010


Câmara do Agronegócio alerta para calamidade pública nas lavouras devido a cheias


veja mais


Anuncie

Indústria Agro-Pertences Sicredi Centro Leste RSQuanto Sobra

Prestadores de Serviços

Enquete

Que demandas de desenvolvimento você acha mais prioritárias?





Resultado
CACISC - Câmara de Agronegócio, Comércio, Indústria e Serviços de Cachoeira do Sul

Rua Saldanha Marinho, 1.200 - Centro
51 3722 4317
cacisccachoeira@gmail.com
S-Maq - Soluções Web
S-Info